Total de visualizações de página

domingo, 3 de julho de 2011

UM LÔBO - UMA LÔBA - UM SÓ MOMENTO

Uma noite de chuva, chuva de petálas de flores,
 chuva de cheiros e amores.
Uma chuva morna, suave que tocava-me a pele com o carinho necessario , exato, na medida.
Uma chuva  de musica que toca-me os ouvidos, dançante, lenta, compassada, ritmada.
Conduzida, conduzindo.
De gosto doce , molhado, suado.
Como um sonho a tanto esperado.
Quando o tempo parou e só restou nós dois.
 O toque dos corpos colados, estremecidos, excitados.
O toque de quem sabe o que quer, como quer.
 O toque de quem sabe explorar até o maximo do que deseja, e do seu desejo.
Cabelo, pescoço, boca, nuca, seio, ventre...um corpo  participando deste banho de chuva.
Molhado, suado.
Momentos belos, felizes, vorazes, ferozes.
Uma corrida de lobos
 sob a luz do luar,
sob a chuva...molhados e livres.
Entregues ao prazer de correrem juntos, envolvidos, cumplices de um momento.
 Momento único, momento de prazer.
Uma noite inteira entregues até a exaustão..
.Quando juntos ,sem forças, desfalecem, adormecem.
Enquanto nossos corpos sorriem .

Lôbo e lôba juntos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário