Total de visualizações de página

terça-feira, 15 de maio de 2018

CONSUMMATUM EST




Korinna então adormece, e quando acorda já está anoitecendo...
Num salto ela se lembra que deve seguir sua viagem urgente.
Mister Gordon somente a observa.
Ela então se faz de fêmea novamente, e com um doce sorriso  pede desculpa por ter que abandona-lo desse jeito.
Num beijo suave eles se despedem.
Korinna então chama seus cães e ordena que arrumem tudo para partirem de volta ao vilarejo.
Seu banho parece demorar mais que o de costume, a água toca seu corpo que ainda esta entranhado com o cheiro do homem que ela tanto desejou e conseguiu.
O sorriso nos lábios não consegue cessar  tomando conta do seu rosto, tornando suas feições ainda mais bonita.
Ao passar seus cremes pelo corpo sua pele se arrepia , mostrando que ainda permanece sensível ao toque. E seus pensamentos vagueiam por aquele mundo encantado que acabou de acontecer.
De repente ela franze o senho e pergunta para si mesma:
- Seria possível que o mensageiro tivesse uma noticia ruim para me dar?
E então, trata de se apressar...
Vestida com um traje todo de couro negro e com os cabelos soltos, a Senhora de Hades parte para encontrar o que lhe reserva o destino.


quinta-feira, 10 de maio de 2018

NOSSO AMOR É ASSIM




Um beijo, um beijo bastou para acender a chama da paixão contida entre estes dois seres tão enigmáticos.
O homem deixa sua masculinidade falar e toma o poder sobre a fêmea que se deixa dominar e ser conduzida ao prazer de ser possuída.
As bocas não se desgrudam enquanto as mãos entre carinhos e afagos vão retirando os obstáculos que impedem a entrega total do caminho. Suas roupas vão caindo pelo chão... e a trilha até o ninho se torna uma aventura. Ele então diz : Se solte!
E com a respiração ofegante e  o olhar turvo a menina Korinna sorri e diz : -É a minha primeira vez.
Ele sorri incrédulo e vaidoso, tocando korinna mais a fundo , percebendo a veracidade da declaração.
O macho selvagem então se torna mais carinhoso. Pegando sua prenda no colo e levando -a para a cama.
Macho e fêmea se entrelaçam entre carinhos  e os beijos se misturam aos gemidos alucinados  da mulher que está para nascer nos braços fortes daquele homem tão desejado e proibido para ela.
Se amar é isso então estou amando - declara Korinna.
Se atracando ao corpo de Gordon que era puro cheiro de sexo, senhor do tempo e da razão. Um macho que sabe dar prazer, brincando com as curvas e as partes do corpo daquela fêmea que parecia  tão dominadora e no entanto está vulnerável  em suas mãos.
Ele sussurra  em seu ouvido: -Posso te possuir? E um sim quase implorado sai da  boca de Korinna.
Ele então suavemente  adentra o corpo até então intocável dela, acompanhando a evolução do prazer que estava proporcionando.
Observando suas expressões, gestos, sons, reações fisiológicas, seguro de si.
És um sonho menina, minha menina, minha mulher!
E numa gemido grave ,quase um uivo , ele se entrega e os dois explodem de prazer.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

A CAMPAINHA DA SUITE TOCA



Korinna dispensa seus cães da porta da suite, e ordena: Não quero ser incomodada!
Sua espera pela chegada de mister Gordon parece uma eternidade, anda de um lado para o outro. Vai ao toalete retocar a maquiagem, ajeita o cabelo, recompõe a roupa no corpo, borrifa um perfume suave no ar.  Volta para o quarto e  se serve de água... Olha para o relógio e parece que o tempo está parado. Somente alguns minutos se passaram. Suas mãos transpiram, esta não é a senhora de Hades, não mesmo. Se joga na poltrona angustiada com o tempo...E quando está quase para chorar de tanta angustia, a campainha da suite toca.
Um pulo a retira da cadeira, o coração dispara... Uma mescla de ansiedade e alegria invade seu peito. Ela  grita: Já vai!
E dá pulos de felicidade antes de abrir aquela porta.
Uma menina feliz, uma mulher ansiosa ... o desejo da carne que arde em fogo se mistura com o calor do sentimento que devora seu coração.
Korinna está entre uma porta do seu destino. Aquele homem que mexe com todo o seu ser está do outro lado  esperando para atende-la.
Ela respira fundo e abre a porta. Mister Gordon está com a feição preocupada e vai logo dizendo: Vim o mais rápido que pude, aconteceu algo,você me deixou preocupado menina.
Os olhos negros de Korinna brilhavam tanto que ela  mau conseguia falar,e num gesto com as mãos ela o convida para entrar. 
Bate a porta em suas costas  e num pulo se atira nos braços de mister Gordon num caloroso beijo tanto esperado pelos dois. E ele retribui na mesma intensidade, e extravasando  o seu desejo de mulher ela pede: -Me faça sua!

terça-feira, 8 de maio de 2018

AGIR POR IMPULSO



De volta ao hotel  a Senhora de Hades adentra sua suite, joga sua bolsa sobre a poltrona que ladeia sua cama. Solta os cabelos , retira seus sapatos  e  se coloca a vontade.
Caminha em direção a mesa na qual sua agenda se encontra, manuseia rapidamente e localiza o contato desejado.
- Qual o problema que me retirou de um compromisso? Pergunta ela a pessoa que se encontra do outro lado da linha.
Senhora, me perdoe, com relação as empresas está tudo bem. Me perdoe mais uma vez, é que o assunto é particular... Tem uma pessoa aqui que se diz da sua tribo. (um silencio). E  a Senhora de Hades ordena. Continue!
Ela diz que trás um recado para a senhora e que só o fará pessoalmente. Como devo proceder?
Diga que me aguarde, partirei hoje a noite.
Ao desligar o telefone Korinna sente seu coração apertar dentro do peito...
O que faço agora, tenho que partir justo neste momento?
Quando terei a oportunidade de estar com Mister Gordon novamente?
Isso não é justo!
Korinna se joga na cama feito uma menina mimada e brada consigo mesma.
Eu quero aquele homem para mim, eu preciso sentir o sabor do seu beijo.
O calor do seu corpo... eu preciso, eu preciso!
E num impulso, sem pensar em mais nada , a não ser em seu bel prazer. Ela liga para mister Gordon.
-Preciso te ver agora!

sábado, 30 de janeiro de 2016

BACO



Os passos de Korinna pareciam mais uma coreografia aos olhos de Mister Gordon que brilhavam ao observar sua aproximação ( dava para perceber o descompasso da sua respiração). Só que Korinna estava tão tomada da sua própria emoção que seu extinto de Senhora de Hades não funcionou .
Bom dia menina Korinna, pontualidade é algo que aprecio!
Bom dia Mister Gordon, costumo respeitar meus compromissos. Responde ela de imediato e com a frieza necessária para aquele momento.
Mister Gordon inclinou a cabeça e beijou de leve a mão da Senhora de Hades, Seus olhares se  cruzaram mas são interrompidos pela  voz do maitre que oferece a cadeira a Senhora de Hades. Uma trégua crucial para aliviar a tensão deste encontro que muito promete.
 O olhar de Mister Gordon é   observador e isso a  deixa  com o coração aos pulos.
Então Mister Gordon a que devo a honra deste convite pergunta ela.Não conhecia este lugar, muito aconchegante e elegante... Dispara sem dar tempo a ele de responder a primeira pergunta.
Mister Gordon  um homem experiente percebeu o nervosismo disfarçado de Korinna. Aquela linda moça estava lutando para resistir ao seu charme. E aquilo o deixou envaidecido.
Com a voz baixa, suave e grave responde:
-Achei que este ambiente tem tudo a ver com você. É bonito, elegante, atraente  e aparentemente bastante aconchegante. Estou certo?
Korinna enrubesceu, não esperava por aquela colocação tão direta. Mau começamos e ele já está jogando pesado. Então Mister Gordon lhe aborda comentando, tomei a liberdade e a indelicadeza de escolher o vinho sem  a sua presença. Dando sinal ao maitre para servi-la.
Um brindeLeia Mais:http://www.estadao.com.br/noticias/geral,o-brinde-tintim: Saúde, santé,salud. Não importa em qual língua, o que importa é este momento.
Korinna se incendeia em rubor mas mantendo firme sua taça e dando aquele homem o aval para prosseguir, nem mesmo a Senhora de Hades consegue resistir.

Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no TwitterLeia Mais:http://www.estadao.com.br/noticias/geral,o-brinde-tintim-por-tintim,3937
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no TwitMister Gordon, continua marcando ponto no jogo da sedução.

  Respondendo a sua pergunta, acho que não precisamos de motivos para almoçarmos juntos. Estar ao seu lado já é uma grande razão.
Desculpa Mister Gordon,pensei que se tratava de um almoço de negocio.
Tratasse de um encontro pessoal menina Korinna.
Ela enrubesce novamente ainda mais desconcertada, e pede para que ele não a chame de menina.
Não sou uma menina Mister Gordon.
Ele explode numa gargalhada e responde: Me desculpa,está bem minha querida!
O que faço? Pensa Korinna cada vez mais confusa com aquela situação.
Estou presa numa teia, meu corpo arde , meu coração não me obedece, minhas mãos desejam a dele, meus olhos devoram sua boca num apetite feroz.
Seus olhos se fitam e o sorriso de Mister Gordon desaparece do  rosto e  num xeque mate ele diz: Korinna você mexe muito comigo!
Seus lábios num repente estão tão próximos aos de  Korinna  que ela consegue sentir sua respiração, o cheiro, o calor daquele homem sedutor é irresistivelmente desejado por seu corpo, sua alma e seu coração.
Mister Gordon... Diz ela com a voz tremula.

O telefone  de Korinna  toca assustando a ambos, seus  olhos  desconcertados tentam se recompor... Korinna pede desculpa e ele diz  para que atenda ao telefone. A observando e aguardando.
Temos um problema sério em sua empresa Senhora, me desculpa, mas precisamos da sua presença, (Diz a voz do outro lado da linha).
A Senhora de Hades, fita Mister Gordon e explica em poucas palavras que necessita se retirar. O com ainda o calor do momento lhe diz:
-Voltaremos a nos falar!





quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

O ENCONTRO



Dentro do seu jaguar preto a senhora de Hades ajeita o retrovisor, retoca seu batom e segue em alta velocidade ao encontro de Mister Gordon. 

Diana Ross & Marvin Gaye   ecoam em seus ouvidos, e o que deveria acalmar seu coração vai deixando-a cada vez mais tensa. Suas mãos transpiram e seus olhos deixam transparecer a dor de um amor impossível. O desejo da carne faz seu corpo incendiar e o  pânico toma conta de korinna em segundos... A explosão de lagrimas faz que que ela jogue o carro no acostamento da estrada. Desesperada  ela grita: NÃOOOO não pode estar acontecendo isso comigo!!!!
Minha mãe, me ajude, por favor! Esta dor está me corroendo por dentro como um veneno.
Dai-me força para cumprir meu destino!

Passam algum tempo que nem mesmo a Senhora de Hades consegue saber até que suas forças conseguem se recompor . Korinna limpa o rosto, retoca o pó compacto translúcido e o batom vermelho fosco da Dior.  Olha para o espelho certificasse que está impecável. 

Chega ao seu destino, um restaurante aconchegante a beira da estrada com móveis rústicos iluminação baixa e decoração aconchegante e panorâmica de tirar o folego.  Ao se dirigir ao maitre 

 para ironia do destino uma música começa a tocar de fundo  "The Manhattan - Lets just kiss and say goodbye" e  seus olhos cruzam com o do senhor do seu destino.
(Uma verdadeira covardia com o pobre coração de korinna).
 Mister  Gordon veste uma camisa social azul clara e uma gravata de seda da mesma cor , sua barba e cabelo num corte impecável e seus olhos mais negros e profundos  que nunca. Korinna segue em sua  direção como se hipnotizada.

Mister Gordon se levanta enquanto aguarda que se  aproxime  e em seu rosto  um sorriso enigmático. 

Quem sentará naquele mesa, Korinna ou a Senhora de Hades?

https://www.youtube.com/watch?v=UNTPbsV7B4M&list=RDzzg8Vm8rYrs&index=2


sábado, 23 de janeiro de 2016

UMA TEMPESTADE SE ERGUE COM UIVOS E ESCURIDÃO


Enquanto Korinna saboreia seu café preto e amargo seu coração vai entrando novamente no compasso. Suas mãos longilíneas vão procurando no ar seus cabelos negros e lisos... seus pensamentos voam tão longe que seu corpo parece levitar.
Korinna sobrevoa sobre a selva em busca do seu velho pajé. Lembranças da infância, da tribo, das águas doce e forte das cachoeiras...seus banhos longos, os olhares de desejo dos jovens índios da aldeia...
De repente seu senho se fecha e as lembranças da sua origem..." aquela loba sendo perseguida  pelos matos, o desespero , a dor, os olhos de ´pânico e aflição que ela esboçava enquanto corria desesperada. E estampido de um tiro...
Korinna joga a xícara do café na parede moendo em mil pedaços. O barulho assusta seus cães que correm em sua direção. Mas ao se aproximarem somente a observam.

A Senhora de Hades se levanta, a visão é a de  um temporal, um diluvio!
 Zangada, agitada, adentra seu quarto provocando tumulto e desordem. Seus olhos negros conseguem ficar ainda mais escuros, seus movimentos sopram , uivam como vento forte de  tempestade chocando a todos em sua volta.
Cadê meu personal hair, grita enfurecida? (Esta é a Senhora de Hades)

Estou aqui senhora, já cheguei !!!! Responde  o rapaz apreensivo, mas de forma que não deixa transparecer seu medo. -Vamos cuidar destes cabelos e deixa-la ainda mais Diva!

Quero estar irresistível, responde ela.

Seu cabelo lavado e hidratado é escovado e preso num liso e  longo rabo de cavalo.
Sua maquiagem carrega os olhos destacando o seu negror. A roupa é escolhida a dedo... um vestido de linha verde musgo de seda da Balmain, delineia todo seu corpo, com decote ombro a ombro e saia na altura dos joelhos e com bico triangular na altura do tornozelo. A sandália nude de tiras é da Roger Vivier .
Sempre de uma pontualidade britânica a Senhora de Hades se arruma e segue para seu encontro.

Na mente:

"Eu, senhora de Hades! Estou aqui para vingar e não para amar, minha missão não pode ser destruída por um sentimento idiota de um ser mortal!"