Total de visualizações de página

segunda-feira, 18 de julho de 2011

DESEJO DE CAÇAR

Hoje já passa da meia noite e cá estou eu....
Faltam tres dias e....meu coração parece que vai explodir, o sangue pulsa nas veias em alta velocidade, tão quentes que queimam minha carne.
Meu desejo de correr de caçar de buscar por ti...o cheiro da noite me enxe os pulmões me arrepiando a pele, quero minha liberdade de correr por entre o mato, ao negror da noite e a claridade da lua.
Ouvir meus proprios passos velozes correndo, meus musculos sincronizados, meus olhos atentos a cada detalhe, meus ouvidos afiados...puro instinto.
Caçar...
em busca de uma presa que não seja facil, que não se deixe acuar, que não se entrengue no primeiro tombo. quero caçar por  puro prazer.
Minha pele está arrrepiada, minha fome está forte e aumenta a cada instante,  a cada passo desta corrida.
O cheiro da noite , ahhh  o cheiro da noite....me enebria me entonteçe...
Arranco minha camisola de uma maneira selvagem, como se quissesse rasga-la.
Quero meu corpo nu, quero ver meu seio saltando , quero que a lua me banhe me ilumine, me transforme de uma vez nesta loba feroz, faminta, determinada... quero  correr a noite toda , suada, cansada , esgotada até a ultima força.
Caminho pelo quarto, pela varanda , pela sala, pelo corredor, vou a cozinha , saiu até o jardim...
não consigo me acalmar.... quero caçar, estou puro instinto, estou puro instinto.
A lua me chama:-  Venha....corra, olhe este campo ele é todo seu...corra  sua presa te espera.

O chamado da noite me ensurdeçe, me enlouquece.
Não consigo dormir...faltam tres dias... e a loba esta se apoderando de mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário