Total de visualizações de página

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

SER UM SER NOBRE



Ser um ser nobre!
Ter um coração quente mesmo que no gelo...
O que falta em nós humanos,se não é ser um lobo?
Ah, quando assisti este video, as lagrimas me vieram aos olhos.
Comoção sim, mas principalmente quando me recordo
dos inumeros telefonemas que damos em busca de uma atenção amiga.
Das inumeras tentativas de dar e receber um abraço.
Nas inumeras vezes que postamos algo em busca de um eleogio ou
uma chamada para o dialogo.
Não estamos sós...nos fazemos sós!
Pois não paramos para que alguém possa lamber nossas feridas
que de tão expostas putrefam-se.
Um alô, um olá, um ok...
Alimente minha alma quando preciso de ti...
pois amanhã terás um amigo fiel.
Não se isole achando que tudo pode sozinho,
pois podemos mais e melhor juntos.
Não me ignore como se eu nada fosse,
pois posso ser o seu tudo amanhã.
Ahhhhhhhhhhh, como ser lobo é nobre!
Pois nos ensina que na vida nada somos
se formos um no nada.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

ONDAS GIGANTES DE PRAZER




BOM DIA MEU DIÁRIO,
HOJE ACORDEI COM O CORPO EM BRASA...
ONDAS MUSICAIS ME INVADEM PROVOCANDO
SENSAÇÕES DELICIOSAS.

SINTO-ME COMO ÁGUAS VULCÂNICAS
QUE A MEDIDA QUE CORREM E PERCORREM
AS CAVERNAS SUBTERRÂNEAS VÃO AQUECENDO
E ME QUEIMANDO POR DENTRO.


MINHA CAMISOLA DE SEDA BRANCA COLA AO CORPO
PELO SUOR QUE MINAM POR MEUS POROS DILATADOS.

MEUS CABELOS SE ESPALHAM PELO TRAVESSEIRO
QUE ESCORREGA PARA OS MEUS BRAÇOS E CORPO
SE INSTALANDO ENTRE MINHAS PERNAS
SE ANINHANDO EM MEU CHEIRO.

A SENSAÇÃO DE UMA BOCA ME PERCORRENDO
UMA LINGUA QUENTE ME LAMBENDO PROVOCA
ARREPIOS.

ESTE CALOR QUE INSISTE EM ME QUEIMAR.
AS LEMBRANÇAS, OS DESEJOS, OS PRAZERES
GRAVADOS NA MEMORIA...

A NECESSIDADE DE TER ESTACADO EM MEU CORPO
O SEU CORPO.
SIM MEU QUERIDO DIÁRIO, ESPERO QUE HOJE
ESTA ÁGUA VULCÂNICA POSSA SE RESFRIAR
NO MAR DE UM LOBO QUERIDO, PROVOCANDO
ONDAS GIGANTES DE PRAZER.

sábado, 20 de outubro de 2012

INFLAMADA PELO GOZO

 
 
 
 
 
Acordo eu desnuda sobre meus lençóis de cetim brancos como a neve,
minha camisola insiste em expor meus seios rigos, minhas coxas torneadas arrepiadas pelo ar frio que adentra meu quarto;me acordando para mais  um dia que se anuncia...
A chuva que bate na vidraça da minha varanda me convida a ficar deitada só mais um pouquinho, e a minha mente fertil já imagina um calor  a mais sob meus lindos lençóis. Meus travesseiros viram atores e se transformam em um lindo lobo.
Braços ,abraços, beijos com volúpia se entrelaçam com os
meus cabelos espalhados pela cama
 que balança levemente com o remexer do meu corpo.
 
Uma sensação me invade  e eu me descubro, me levanto,
me dispo e caminho em direção ao espelho.
Paro, me observo nua...cada curva do meu corpo
cada pedaço de pele, cada poro dilatado e inflamado pelo desejo,
desejo de ser amada,
desejo de dizer eu te amo...
Me toco,
uma ,
duas,
tres vezes
e com os olhos em chama descubro
o meu verdadeiro amor...
 
Meu gozo de  amor próprio!
E este nunca me decepcionará.
 
Um homem para mim terá que ser superior
a tudo que eu conquistei, pois não sou mais
dependente nem carente, ele terá que saber
valorizar os momentos,
 os  momentos que
estiver ao meu lado.
 
"SIM JÁ TIVE  PRESSA DE AMAR
HOJE GOZO DE UMA CALMARIA
CHAMADA AMOR PRÓPRIO."
 
 

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

SEU GOSTO EM MINHA BOCA



 
 
Abro os olhos e vejo...
O sol brilha lá fora apesar da chuva que cai.
Minha cama macia me convida a permanecer, mas meu corpo alimentado,abastecido não quer perder um minuto sequer deste sol que brilha lá fora aqui dentro de mim.
Nossa noite foi perfeita.
Ainda sinto em meu corpo e seu peso , o seu cheiro, o seu sabor.
 
Lembranças frescas de uma noite perfeita.
Tua boca sugando a minha, enquanto suas mãos percorriam minhas curvas.
Minha roupa sendo retirada peça por peça.
Você me pegando por trás, me acomodando em seu peito.
Levantando meu vestido de crepe de seda preto, deixando minha pele arrepiada.
Sua respiração forte em meu pescoço se misturva com seu cheiro e seus beijos.
Minha lingiere vermelha de renda preta , já encontrava-se molhada de desejo do seu corpo.
 
Tocas minha coxa e uma contração forte me deixa tonta de tanto desejo.
Abro a boca num gemido quando sinto teu desejo crescendo por mim.
E num gesto rapido me vira e me põe de frente para ele ,
 sua boca começa a percorrer o meu corpo parando em minha intimidade ... me indenciando ainda mais, e quase que por clemência retira minha calçinha.
E  então como uma rosa bordeaux me abro para ele, me entrego ao prazer que me reserva.
Escorre-me o sal ... e ele me cobre deliciando-me.
Seu suor me adoça a boca sedenta.
Quero tudo que vem dele...seu poder, seu desejo, seu gozo, seu suor.
Meu batom vermelho carmim espera pelo momento de marca-lo  e demarca-lo , aquele corpo que é todo meu mostra cada centimetro do prazer que o  proporciono. E eu o quero mais e mais e minha boca o devora como se devora um morango gordo , vermelho e suculento.
E num gemido de posse e descontrole toma-me e se encaixa entre minhas coxas, pressionado-me com furor.
E eu em delirio peço que me possuas.
E assim esgotamos nossa fonte de felicidade, num momento pleno...
 
De repente a empregada bate na porta do quarto, me chamando
para o dia que se inicia...
Tomo meu banho com o corpo ainda em gozo.
Visto um vestido de malha longo branco sobre a pele , prendo meu cabelo num rabo de cavalo, e no frescor da manhã  vou para a cozinha.
Meu suco de abacaxi com hortelã, torradas ,ovos e bacon, minha refeição matinal.
 
Sigo até a sala e lá estão meu vaso de cristal "azul bic" com
 rosas bordeaux e um bilhete:
 
As rosas me fazem lembrar você!
Seu gosto ainda esta em minha boca, com o sabor de quero mais.
 Meu ideal é você.
Minha loba erótica.
 
"As quatro condições elementares para a felicidade são: vida ao ar livre, amor de mulher, ausência de qualquer ambição e a criação de um novo e belo ideal." ( Edgar Allan Poe )."
 
 
De repente eu fico rindo à toa...