Total de visualizações de página

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

UMA HISTÓRIA DE AMOR

Olá meu diario,

Tenho um coração dentro do peito!
Tenho um desejo dentro do peito.
Tenho um amor enorme dentro do peito....
Por onde anda aquele lôbo que me fez juras de amor?

Onde está aquele homem que a mim enviou por dias infinitos flores e bilhetes de amor?

Um lobo que me despertou...me deu vida , me possuiu.
Onde estás?
Um homem que chegou com tanta mansidão , que não me assustou mas   me fez prisioneira.

Uma loba uiva de desejo e amor....onde andarás?
Sinto falta de cada pedaço de ti!
Tua voz me acalma...
Tuas mãos me dão segurança...
Teus braços me aquecem..
Teu corpo me incendeia.

Minha carne clama por ti, minha alma vaga a sua procura....


A LUA

Quando alta noite
na amplidão flutua.
pálida a lua
com fatal pelor.
Não sabes lôba
que eu por ti suspiro?
E que deliro
a suspirar de amor.

(Um lôbo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário