Total de visualizações de página

terça-feira, 6 de setembro de 2011

REFLEXO

Com os pés no chão...
 Com o corpo nu e dourado pelo sol...
Com os cabelos soltos jogados e selvagens...
Com as garras e presas afiadas...
Com os sentidos aguçados...
Com a coragem e a confiança adquiridas...
Com o conhecimento qua a mãe natureza me passou...

Caminho pela mata.
Caminho tranquila suave sempre em busca do algo novo...
Ao me aproximar do rio paro em sua margem e ao toca-lo vejo o reflexo da minha imagem.

Ali estou eu...
Ali estou eu refletida nas aguas claras e cristalinas...
Meu espelho!

Recordo -me do meu espelho onde todas as manhã  refletia -me levantando a minha auto estima.
De  repente uma nostalgia toma conta de mim...

Uma loba selvagem que aprendeu ser independente, se vê no reflexo das aguas.
E então deitada a margem daquele rio  ela olha para o infinto e num gesto de proteção,
lambe seu proprio  corpo suavemente dando a si todo carinho que desejado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário