Total de visualizações de página

terça-feira, 13 de setembro de 2011

A FELICIDADE POR MEIA MENTIRA

Olá meu diario,
Hoje eu não quero postar a minha dor.
Quero fingir que estou feliz, pois assim pode ser que no final desta página eu até acredite nesta minha mentira.
Não quero citar o que me aflige porque voce meu diario sabes muito bem.
E se um dia suas paginas se abrirem para outroalguém, eu não quero que voce conte o que me afligiu.
Não...não fiz nada de tenebrosso.
Não fiz nada que pudesse me comprometer...talvez eu possa dizer que não fiz nada.
E por este motivo eu prefiro ficar hoje só eu e você cumplices nesta mentira.

Estou feliz!

Posso buscar a felicidade que senti...pois ela já pousou em minhas mãos.
Posso buscar lá atrás nas mãos do responsavel as poucas horas em que me senti feliz.
E assim não precisarei mentir por inteiro.
Ficarei feliz na lembrança da memoria do dia e da hora em que pude ser feliz.
Ai meu diario, foi tão bom.
Eu nunca pensei que pudesse ter nas mãos este momento.
Ter o carinho , o aconchego, a proteção ,o abraço que eu não conhecia.
É...eu posso não estar mais, mas  já estive feliz.
Já estive!
Acredite! Sim...foram por poucas horas.
Mas eu pude ter este momento.
Então me desculpe, mas vou fechar meus olhos.
Sabe porque?
Porque não posso escrever de olhos fechados.
Mas posso recordar....e assim quem sabe eu não precise mentir.
E volte a ser feliz com as minhas lembranças.
Feche também sua página, e deixe-me te abraçar, assim sentirás o meu coração pulsar
e voce poderá junto comigo sonhar  e  acreditar que estou feliz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário