Total de visualizações de página

domingo, 25 de março de 2012

CORPOS ARDENTES BOCAS SEDENTAS

Um longo espreguiçar na cama me faz despertar.
Abro meus olhos e vejo que um furação passou por aqui,
travesseiros esparramados , lençol revirado, os cabelos  caido no rosto.
Minha camisola quase saindo do corpo...sim meu corpo esta praticamente nú sobre aquela cama branca e macia.
Meu corpo exalava o cheiro de fêmea, minhas pernas me chamam a atenção e por puro instinto toco-as suavemente subindo e percorrendo todo meu corpo que se arrepiava.

Um doce sabor vem  na lembrança de morangos e chocolate...
Seu gosto vem em minha boca.
Sua saliva em meu pensamento.

De repente a cama me abraça envolvente, é como ter você por perto.
Puxo na memória o calor do seu corpo, seu peso sobre mim.

Nossa e o dia está só amanhecendo, como seria bom poder te amar agora.

Corpos ardentes, bocas sedentas...

És o meu lobo!
Surpreendente em tudo que faz.

Presenteou-me com orquídeas selvagem e junto um  convite para jantar.

Sim hoje será uma noite inesquecível...

Eu já acordo sonhando.


Nenhum comentário:

Postar um comentário