Total de visualizações de página

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

ADORO-TE



Meu diário...
Meus olhos ainda se mantem fechados na cama, mas meu coração pulsa como o de uma criança em noite de Natal.

O cheiro da rosa vermelha ainda está nos meus pulmões...que se enxem de vontade.
De vontade de gritar bem baixo...sussurrar em seus ouvidos.


Meu coração não cabe dentro do peito...
Abro meus olhos e um sorriso estampa em minha face.

Me sinto um passaro...
Um passaro que não vê mais as grades , somente a beleza da vida.
Sim liberto poderei voar, voar como um anjo, leve como uma pluma.
E como uma criança pulo da cama.
Tenho pressa...
Preciso viver tudo isto.

Hoje eu retiro a minha camisola  de seda verde e a coloco sobre a cama.
Um cuidado com ela hoje eu tive...pois estou vendo vida nas minusculas coisas.

Caminho para frente  do meu espelho...com meu corpo nu me apresento.

E vejo!
Vejo as cicatrizes, uma por uma.
A vida não foi madrinha...
Mas de uma coisa fico certa ,aprendi com cada uma delas.

Sou hoje uma loba, forte , determinada, ciente dos meus desejos e objetivos.

Mas que agora...neste exato instante , sinto-me como uma criança.
Rendida ao sentimento que me invade.

E as cicatrizes....ah as cicatrizes são como as cores do arco iris.
Enfeitam a minha vida.

Corro pra o meu banho, meus sais, meus cremes, minhas velas...tudo me esperam para me enxer de carinho.

Meu closet insiste hoje é dia de uma pantalona cor de rosa (cor do amor) uma  bolsa e sandalia verde cabelos soltos,
maquiagem leve. meu perfume 212 no ar...e lá vou eu.

Passando antes pelos meus fieis escudeiros, beijo nos dois e corro pra sala.

Minhas rosas...novamente vermelhas.
No cartão:- ADORO-TE.

Pronto. era o que faltava para meu coração transbordar de alegria.
O amor está no ar!

Feliz vou para o shopping, hoje eu quero me arrumar, me enfeitar.
Vou passar o dia por lá.

Beijos fui ser feliz...não tenho hora pra voltar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário