Total de visualizações de página

sábado, 15 de outubro de 2011

PASSA NUVEM NEGRA

Hoje é sabado...

Minha cama me abraça e meu corpo pede para não acordar.
Estendo o braço e ainda com os olhos fechados ligo o DVD da cabeceira da cama...
e a música descreve  o meu recusar de acordar.
Um final de semana sem te ver, sem ter seu olhar a me aquecer.
Não definitivamente não quero acordar...quero passar este final de semana na minha cama.
Sonhando com seu olhar, com  seu toque, com sua pele, com seu cheiro...ahhhhhhhhhh seu cheiro.

Busco na memoria o seu gosto...

Com os lençois acaricio meu corpo, e minha pele se arrepia com as lembranças que voce me trás.
Meu pulso acelera...minha respiração fica ofegante, mas meu coração se aperta
com a lembrança de que é final de semana.
Abraço meu travesseiro, entranho os lençois por entre os dedos a imaginar tuas mãos nas minhas, aperto forte e tento sentir você.

"Passa nuvem negra ...este amor que é raro e  é preciso para  nos levantar  me derrubou. Não sabe parar de crescer e doer..".

Olho para meu corpo prostado sobre uma cama, entre lençois, e travesseiro  e seu cheiro e seu cheiro.
Entre arrepios que sua lembrança me trás.
Passe, passe, passe logo final de semana...eu preciso ter a esperança de que vou poder te ver crescer em minha frente. Como se cresce uma sombra , um sonho...

Passe e traga de volta o meu brilho, o meu sol!

Nenhum comentário:

Postar um comentário